Separadores primários

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
29
30
1
2
3
4
5
 
 
 
CIRCUM-NAVEGAR (SOMOS MAGALHÃES)

CIRCUM-NAVEGAR (SOMOS MAGALHÃES)

Que viaje à roda do seu quarto, num movimento intrínseco perpétuo, quem aprecia a paisagem parada, por muito bela que possa parecer, enfim, percebe-se. Mas é pouco, definitivamente pouco, para alguém de alma maior, do tamanho do mundo sonhado e por sonhar e tudo o que está por fora do quarto vale a pena. Todas as noivas que ficaram por casar, todas as mães caladas a chorar, todo o sofrimento convertido em altar, todas as lágrimas que se fizeram mar em nome de ser português aventureiro.

Quantos de nós não quiseram voltar, quantos não o puderam fazer e, no entanto, em cada curva do oceano aparece uma nesga de terra tornada quintal e isso, dentro do tudo que há, é Portugal. Um ser e um estar abertos à eternidade por descobrir, ao mundo por criar e os marinheiros que não fugiram ao seu destino de povo eleito são os cantoneiros da palavra sentida que já não magoa os corações magoados e faz da água o seu próprio espelho.

O mar assim esculpido, lavrado pelo cinzel da vontade, é um mero menino adormecido de águas gigantes e plácidas, de rosto aborrecido e amuado quando encara os pioneiros na lavoura dos oceanos virgens, cheios de ilhas, pequenas filhas, que encantaram os marinheiros adocicados de luar. O mar assim vencido, de ondas e marés de correntes governadas, geme pelos cabos vacilantes que, dobrados, pereceram às mãos ávidas da descoberta. Mãos de marear, de içar velas e orar e levantar âncora a aproveitar o favor do vento onde murmura a voz rouca de um rei ancestral.

«Aos que me consideram um infiel vassalo, atiro estes versos escondidos na espuma das ondas que naufragam a esperança:

Quanto a ti, Pátria querida,
Mesmo sabendo que me queres matar,
Declaro que sou teu, de corpo e alma perdida,
Quando me deixaste na margem do mar.
E o vento num murmúrio pergunta:
“Quem és e donde vens?”
Sou Português e chamo-me Magalhães!»

Rui Sousa

02/05/2019 - 16:00
 
 
8º Roadbook BTT Fernão de Magalhães
04/05/2019 - 11:00
 
 
6
7
8
9
10
11
12
 
 
 
 
 
 
 
13
14
15
16
17
18
19
 
 
Visita de Estudo a Sintra - Lisboa

Visita de Estudo a Sintra - Lisboa

Nos passados dias 3 e 4 de maio, uma centena de alunos do 9º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães, como culminar das aprendizagens realizadas na disciplina de Geografia, mas também em outras, como Português, Físico-Química, EMRC e Educação Física ao longo do 3º Ciclo do Ensino Básico, realizaram uma visita de estudo a Sintra e a Lisboa.

Do programa da visita fez parte a visita ao NewsMuseum e Parque e Palácio da Pena em Sintra; Já em Lisboa, um passeio, percurso feito a pé desde o Marquês de Pombal, até ao Terreiro do Paço, passando pelas mais emblemáticas praças e avenidas da Capital (Restauradores, Rossio, rua Augusta, …), visita ao Oceanário e desenvolvimento de atividades multidisciplinares no Pavilhão do Conhecimento Ciência Viva e a terminar outro passeio pedestre em Belém, Mosteiro dos Jerónimos, CCB, Padrão dos Descobrimentos, … contemplamos o rio Tejo, a margem Sul, deu para abordar e discutir diversas questões trabalhadas ao longo dos 3 anos do ensino básico.

Os objetivos da visita de estudo foram diversificados, pelo que permitiram alargar o leque e fazer a tal abordagem variada. O Museu das Notícias (NewsMuseum) além de «mostrar» tudo o que está por detrás da atividade e da profissão de jornalista, permite ir mais além e observar o avanço da tecnologia e mais do que isso «percorrer» a história de Portugal desde o princípio do século XX até à atualidade, quer recordando conteúdos abordados na disciplina de História, quer evidenciando personalidades e feitos da cultura portuguesa.

O Palácio da Pena símbolo do Romantismo alude a esse período e a essa corrente, tanto na arquitetura, como na arte, na literatura, na ciência. Isto para não falar na beleza impar do lugar.
O Oceanário leva-nos para as questões da preservação ambiental e da biodiversidade, para a importância destas questões e para uma batalha que se quer individual, para travar um objetivo que é comum, da humanidade. Remar contra a corrente, quer sejam interesses económicos, quer a apatia de maneiras de ser e agir enraizadas é tarefa mesmo difícil, e caberá aos jovens através de uma eficaz educação ambiental alterar o panorama (iremos a tempo? estamos a tentar).

No Pavilhão do Conhecimento os jovens foram confrontados com a aplicação de conhecimento científico diverso. Tarefas práticas e interativas para comprovar saber e conhecimento teórico-prático adquirido nas aulas ao longo do tempo.

E também convívio. Convívio, também, com professores e alunos das duas escolas do agrupamento e num lugar diferente, a capital, onde muitos alunos pela primeira vez tiveram oportunidade de ir. Foi enriquecedor sob todos os aspetos, foi belo e até saudável, em alusão às caminhadas efetuadas.

Os objetivos foram cumpridos; agradecimento a todos que contribuíram para o sucesso da visita.

As fotos podem ser vistas aqui.

15/05/2019 - 11:30
 
DESAFIO MATEMÁTICO DE MAIO DE 2019

DESAFIO MATEMÁTICO DE MAIO DE 2019

Usando apenas símbolos de operadores algébricos matemáticos entre os numerais, completa cada uma das seguintes proposições, de modo a serem verdadeiras:

1 1 1 = 6
2 2 2 = 6
3 3 3 = 6
4 4 4 = 6
5 5 5 = 6
6 6 6 = 6
7 7 7 = 6
8 8 8 = 6
9 9 9 = 6

16/05/2019 - 11:45
 
Informações - Prova de Equivalência à Frequência do 9.º ano_2019

Informações - Prova de Equivalência à Frequência do 9.º ano_2019

Em anexo podem ser consultadas as informações-prova de equivalência à frequência de cada disciplina de 9.ºano para os alunos autopropostos (alunos que não reúnam condições de admissão como internos para as provas finais de Português e de Matemática da 1.ª fase, em resultado da avaliação sumativa interna final do 3.º período) e o calendário de realização da 1ª fase.

17/05/2019 - 11:45
 
Informações - Prova de Equivalência à Frequência dos 11º e 12º anos 2019

Informações - Prova de Equivalência à Frequência dos 11º e 12º anos 2019

Em anexo já se encontram disponíveis as informações-prova de equivalência à frequência para a 1.ª e o calendário de realização do Ensino Secundário_2019.

18/05/2019 - 21:00
 
 
20
21
22
23
24
25
26
DEVOLUÇÃO DE MANUAIS ESCOLARES
20/05/2019 - 21:15
 
Candidatura aos Auxílios Económicos _ 2019/2020
21/05/2019 - 23:00
 
 
 
 
 
 
27
28
29
30
31
1
2
Visita de Estudo a Sabrosa, Régua e Pinhão

Visita de Estudo a Sabrosa, Régua e Pinhão

Com o objetivo de visitar lugares de referência de figuras do património cultural português (Fernão de Magalhães e Miguel Torga), de sensibilizar os alunos para o valor de Fernão de Magalhães como promotor de mundialização, de sensibilizar para a proteção e conservação da Natureza, de estimular o espírito crítico, de promover a interdisciplinaridade e de enriquecer o desenvolvimento integral dos alunos; inserida nas Comemorações dos 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, patrono da nossa escola, no passado dia 03 de maio de 2019, os alunos do 11ª ano desta Escola realizaram a visita de estudo a “Sabrosa, Régua e Pinhão”, atividade que consta do Plano de Atividades do Agrupamento.

Foram acompanhados pelas professoras de Português, de Filosofia e de Biologia e Geologia e a todos os alunos foi distribuído um desdobrável com algumas informações pertinentes.

Alunos e professores partiram de Chaves em direção a Sabrosa onde visitaram a Exposição Permanente de Fernão de Magalhães, participaram numa Tertúlia no Auditório Municipal de Sabrosa e visitaram a exposição «Terra Mãe» de Graça Morais. Mais tarde conheceram a casa de Miguel Torga e declamaram o poema «A um Negrilho».

O almoço, em forma de merenda, foi no Miradouro S. Leonardo de Galafura onde puderam apreciar uma soberba paisagem sobre o leito do rio Douro. Entre a Régua e o Pinhão a viagem fez-se de barco com a experiência de entrar numa das eclusas do rio. Passar na eclusa faz com que sinta uma certa admiração por estas obras de engenharia que tornaram o rio Douro navegável. Vale a pena pois permite admirar toda a beleza do Rio Douro, entre montanhas e vales…

De regresso a Chaves, quer alunos quer professores vinham cansados, mas enriquecidos com os conhecimentos adquiridos e com tudo o que experienciaram.

27/05/2019 - 19:45
 
 
REGIONAL NORTE DE GOLFE 2019 (VIDAGO PALACE GOLFE COURSE)

REGIONAL NORTE DE GOLFE 2019 (VIDAGO PALACE GOLFE COURSE)

2º LUGAR REGIONAL NORTE DE GOLFE 2019

No dia 21 de Maio, deslocaram-se ao clube de golfe do Vidago Palace Golfe Course para a participação nos Regionais Norte do Desporto Escolar, os dois alunos do grupo/equipa de golfe da E.B. 2,3 de Vidago apurados da fase local CLDE do Tâmega e Vila Real e Douro do campeonato de golfe do desporto escolar.

Os alunos Carlos Souza (12ºC) e André Gonçalves (7ºE) representaram dignamente a escola no intuito de tentarem repetir as proezas das qualificações para a fase nacional da modalidade dos anos transatos, dos seus ex colegas Ariana Mota (que depois se sagrou campeã nacional de juvenis femininos em Lisboa em 2015, no campo de golfe do Lumiar) e do próprio Carlos Souza (campeão nacional de skills, em Viseu no ano de 2018), assim como dos títulos regionais alcançados nos anos de 2016 e 2017 pelo repetente Carlos Souza. No entanto e por decisão da direção nacional do desporto escolar, este ano não se haveria de realizar a fase nacional de golfe nos campeonatos nacionais, que decorrerão em Setúbal do final de junho (Iniciados) e em Elvas (Juvenis) já no final de Maio. Sendo assim e depois de dada esta notícia logo na reunião técnica que antecedeu a prova, os 18 alunos apurados que marcaram presença partiram para os seus “Tees” de saída atribuídos pelo campo, aguardaram o “shot gun” inicial e deram provas das suas capacidades técnicas e físicas ao longo de 9 buracos do campo de golfe do Vidago Palace Golfe Course, competindo salutarmente e com fair-play entre si, num sistema de classificação “stableford” gross e net (competição por pontos alcançados nos 9 buracos). No final de quase 4 horas de prova, os alunos da E.B. 2,3 de Vidago Carlos Souza (12ºC) e André Gonçalves (7ºE) obtiveram um 4º e um 11º lugares respetivamente em “gross” e um 10º e 2º lugares respetivamente em “net”, alcançando portanto o título de VICE-CAMPEÃO REGIONAL NET o aluno André Gonçalves, continuando o legado das classificações de pódio e títulos alcançados nos regionais desde o início da criação do clube de golfe do desporto escolar no ano 2013. De salientar que as classificações alcançadas pelos nossos alunos dariam para o apuramento para o nacional da modalidade, caso o mesmo se realizasse (são apurados anualmente os 9 primeiros classificados em “gross” e em “net”). Parabéns aos 2 atletas pelo seu apuramento e prestação neste regional, onde só estão representados os melhores atletas do nível avançado em golfe (nível 3) de toda a região a norte do Douro e onde a nossa comitiva da CLDE do Tâmega e Vila Real e Douro é a mais representada com 7 atletas, o que diz bem do nível técnico e de participação daquela rapaziada.

Em jeito de conclusão, podemos com todo o orgulho referir que a participação da equipa de golfe do desporto escolar da EB2,3 de Vidago nos diversos quadros competitivos do Golfe do Desporto Escolar (Local, regional e nacional) tem sido ano após ano (desde a sua fundação em 2013) um sucesso, provando que a nossa região tem magníficas aptidões para a prática desportiva do golfe, com as excelentes instalações dos dois clubes disponíveis na localidade de Vidago, restando usufruir das mesmas e quiçá, promover alguns jovens praticantes a nível federativo. É por isso de louvar as iniciativas dos clubes de golfe locais, nomeadamente o Vidago Palace Golf Course e o Clube de Golfe de Vidago, na disponibilidade demonstrada nestes 6 anos letivos na cedência das suas instalações, recursos materiais e humanos, de forma totalmente gratuita, aos alunos da equipa de golfe do Agrupamento Fernão de Magalhães - E.B. 2,3 de Vidago. Seria justo o poder autárquico, reconhecer e disponibilizar alguma ajuda (transporte) para os mais de 20 jovens que ano após ano vão calcorreando a pé o trajeto desde a escola até ao campo do Vidago Palace Golfe Course (a utilização do outro campo de golfe em Loivos torna-se impossível para os treinos), retirando tempo de prática e condições de segurança aos mesmos.

As fotos podem ser vistas aqui.

29/05/2019 - 09:15
 
DESAFIO MATEMÁTICO DO DIA DO AGRUPAMENTO

DESAFIO MATEMÁTICO DO DIA DO AGRUPAMENTO

No Dia do Agrupamento, quem na NAU AEFM entrar, o seguinte enigma terá de desvendar:
A 20 de Setembro de 1519 partiu de Sanlúcar de Barrameda a Frota de Fernão de Magalhães e Juan Sebastian Elcano, rumo à Vitoriosa Circum-Navegação! Antes da grande partida, diz Fernão a El Cano:
Contando comigo e contigo, se tu me deres 77 dos teus homens, ficamos com igual número de navegadores, mas, se eu te der um dos meus, ficas com o quíntuplo da minha tripulação.
Quantos homens partiram nesta expedição?

E se mais quiseres solucionar, a Sala da Matemática deves visitar!
Para nas reflexões te ajudar, um tributo à NAU AEFM te vamos deixar:

A Nau AEFM
Há mais de um século navega
E circum-navega…
O sucesso é o seu leme,

O mar de saberes não teme,
Nele navega
E circum-navega…
Nas tormentas, não treme,

Iça velas de conhecimento
A grande Nau Fernão,
Ruma frente à melhoria,

Faz da aprendizagem instrumento
De toda a circum-navegação
Ao mundo da sabedoria!

29/05/2019 - 19:15
 
Dia do Agrupamento

Dia do Agrupamento

No dia 30 do presente mês celebramos o "Dia do Agrupamento".

Convidamos a comunidade educativa e demais a assistirem às atividades propostas no programa que se encontra em anexo.

Agradecemos antecipadamente a participação.

AnexoTamanho
PDF icon Programa .pdf1.33 MB
30/05/2019 - 09:30 a 17:00
 
 
 
 

Copyright © 2006-2019 Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães