Separadores primários

Quinta, Março 7, 2019

Todo o dia
 
 
Antes de 01
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
UM CARNAVAL PEDAGÓGICO

UM CARNAVAL PEDAGÓGICO

O tema proposto pela Câmara Municipal de Chaves para o carnaval deste ano incidia nas “profissões de antigamente” que serviram de mote para a inspiração das Comunidades Educativas, Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho.

No dia 28 de fevereiro as escolas de Vidago fizeram o seu desfile de carnaval pelas ruas da vila como já vem sendo hábito.

O tema alusivo recaiu na viagem Circum-Navegação realizada há 500 anos (a viagem teve início no dia 20 de Setembro de 1519 comandada pelo Navegador Português Fernão de Magalhães, que viria a falecer nas Filipinas no dia 21 de abril de 1521, tendo terminado no dia 12 de Setembro de 1522 sob o comando do espanhol Sebastián del Cano.

Foi agradável ver crianças, jovens, pais e encarregados de educação, professores e funcionários com indumentária alusiva à arte de marear.

Não podia deixar de faltar uma nau e o Fernão de Magalhães para tornar mais imponente o desfile. (As fotos podem ser vistas aqui).

No dia 1 de março pelas 15:00 iniciou-se o desfile em Chaves que fez o seguinte percurso: Centro Cultural de Chaves, Av. António Granjo, Largo do Monumento, Av. Bombeiros Voluntários, Terreiro de Cavalaria, Rua de Santo António, Largo do Arrabalde, Ponte Romana e Alameda de S. Roque.

Desfilaram mais de dois mil participantes. Foi muito agradável reviver muitas profissões de antigamente recreadas por muitas crianças, jovens, pais, funcionários e professores e população em geral. Foi um espectáculo digno de se ver.

Também crianças, jovens, encarregados de educação e professores de Vidago, bem como a nau e o Fernão de Magalhães participaram no desfile sob o tema da viagem à volta da Terra. (As fotos podem ser vistas aqui).

Em nome do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães agradeço às crianças e jovens que participaram no desfile em Vidago e em Chaves, aos professores, funcionários, pais e encarregados de educação. Um agradecimento muito especial ao Fernão de Magalhães e ao Presidente da Associação de Pais das escolas de Vidago que para o efeito construiu uma réplica de uma nau, como se pode apreciar nas fotos publicadas.

Foi de facto um Carnaval Pedagógico e divertido que ficará na memória dos vidaguenses e dos flavienses.

O Diretor

07/03/2019 - 16:15
 
Carnaval das escolas de Vidago

Carnaval das escolas de Vidago

É carnaval, ninguém leva a mal. Carnaval sem crianças não é carnaval e a estas ninguém leva mesmo a mal. Em Vidago o Carnaval é também tradição e a alegria e o colorido que as crianças emprestam a esta quadra criam a magia que caracteriza esta festividade.
A tradição mais uma vez se cumpriu. As escolas organizaram o seu desfile, desta vez, subjacente ao tema: «500 anos da viagem circum-navegação de Fernão de Magalhães», o patrono do agrupamento.
O agrupamento empenhou-se e o próprio Diretor do participou no desfile, disfarçado do próprio comandante Fernão de Magalhães.

Esta foi uma forma do agrupamento honrar o seu patrono. Efetivamente, o próprio Fernão de Magalhães há 500 anos atrás ocupava-se de criar condições para circum-navegar o mundo, procurava arranjar condições para lograr uma missão bem-sucedida e assim, há precisamente 500 anos Fernão de Magalhães procurava mantimentos, uma tripulação, marinheiros, cozinheiros, carpinteiros, guerreiros, … Ao longo do desfile pudemos ver alunos disfarçados com estes motivos alusivos a profissões «antigas» e ligadas à circum-navegação de Fernão de Magalhães.

A missão foi tão bem sucedida que Fernão de Magalhães foi o percursor da globalização, da mundialização em que hoje vivemos, não só cruzou mares e oceanos, continentes, países, povos, civilizações tão dispares. Fernão de Magalhães simboliza, pelo seu feito a união de um mundo, dos seus povos, países e tudo o resto numa viagem. O próprio carnaval num único desfile mistura uma infinidade de diferenças, de atitudes, de crenças, de egos, e também de tudo o resto.

A valorizar e abrilhantar o desfile a Associação de Pais da Escola básica de Vidago construiu uma réplica de uma nau e trajes que os próprios pais usaram no desfile.
A ideia é meter o «bichinho» do carnaval às crianças, para que um dia mais tarde estas possam «engrossar» o carnaval da vila.

Este ano, a acrescentar ao carnaval das escolas de Vidago, foi-nos feita a proposta de desfilar no carnaval das escolas de Chaves. A proposta foi aceite e cerca de 40 foliões representantes das escolas de Vidago também levaram alegria e se divertiram no carnaval das escolas de Chaves, representando, igualmente, o agrupamento de escolas Fernão de Magalhães neste desfile. Assim, um misto de alunos do 7º e do 8º ano de escolaridade, do JI de Vidago e pais e encarregados de educação da Associação de Pais das escolas de Vidago, marcaram presença no desfile de Chaves, mais uma vez, comandados pelo Diretor do Agrupamento «vestido» de Fernão de Magalhães, que do alto da nau, procurava alcançar avistamento de terra, num sinal de chegar a bom porto, e cumprir com sucesso a sua missão, cumprimentando e lançando as sementes pelo caminho, unindo gentes e povos diversos.

Agradecimentos aos professores que contribuíram para o sucesso do desfile deste ano, tanto na elaboração dos trajes, e de outros materiais de apoio (cartazes de abertura), como no acompanhamento e na participação no mesmo desfile; à GNR local de Vidago e à equipa da Escola Segura, na colaboração dada no controlo do percurso do desfile e aos Bombeiros Voluntários de Vidago; um agradecimento especial ainda à Associação de Pais, pela participação e pela alegria que adicionaram ao cortejo e pela nau que construíram.

Ainda uma palavra para os alunos, pela sua participação ordeira, divertida e que levaram a alegria ao povo. Uma palavra também para o povo, que não faltou e que saiu à rua, para aplaudir, as suas crianças (filhos, netos, afilhados, sobrinhos). A todos um bom carnaval.

As fotos podem ser vistas aqui

Paulo Lage

07/03/2019 - 16:30
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright © 2006-2019 Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães