UM BOM ANO LETIVO 2018/19

Iniciámos mais um novo ano letivo (2018/19) com algumas novidades que passo a realçar:

1 - definição do “Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória”;

2 - implementação de novas metodologias e práticas pedagógicas decorrentes da Autonomia e Flexibilidade Curricular ( decreto-lei n.º 55/2018, de 6 de julho);

3 - novo regime legal para a Educação Inclusiva (decreto-lei n.º 54/2018, de 6 de julho);

4 - definição de Aprendizagens Essenciais para todas as disciplinas e anos;

5 - Implementação da Estratégia da Educação para a Cidadania e Desenvolvimento do Agrupamento decorrente da Estratégia Nacional da Educação para a Cidadania.

Em relação ao primeiro ponto, no dia 15 de janeiro de 2018, os alunos do nosso Agrupamento participaram num amplo debate nacional com o objetivo de refletir sobre como organizar a escola e o ensino, com vista à concretização do Perfil dos Alunos no Final da Escolaridade Obrigatória.

No que diz respeito ao segundo aspeto, foram definidas novas matrizes e os tempos letivos passaram a ser de 50 minutos. De referir ainda que algumas atividades do Plano Anual de Atividades serão trabalhadas em articulação com os docentes e alunos.

Relativamente ao ponto três, foi constituída em julho a Equipa Mutidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva que terá de propor - entre outras competências - as medidas de suporte às aprendizagens a mobilizar (medidas universais, seletivas e adicionais).

Ponto quatro, definição de Aprendizagens Essenciais para todas as disciplinas e anos, como instrumento para uma melhor gestão dos programas e orientações curriculares por todos considerados demasiado extensos.

Quanto ao ponto cinco, foi designado um coordenador para a Estratégia da Educação para a Cidadania do Agrupamento e definidos os domínios a desenvolver em cada ciclo.

Quero acrescentar um aspeto muito importante: a Comemoração dos Quinhentos Anos da Viagem Circum-navegação.
Este evento, que decorrerá a nível nacional e mundial, permitirá conhecer melhor o nosso Patrono e desenvolver atividades de investigação que nos permitirão conhecer com maior rigor o FEITO do navegador português Fernão de Magalhães.

Escreveu o seu biógrafo Antonio Pigafetta: “Espero que a fama de um tão magnânimo capitão se extinga nunca mais. Entre as muitas virtudes que o adornavam, uma era particularmente digna de realce: ele foi sempre o mais firme de todos, mesmo em situações de grande desgraça. Suportou a fome com mais paciência do que qualquer um de nós. Não houve no mundo nenhum outro homem que conhecesse melhor a ciência dos mapas e da navegação. E que tudo isto é verdade, comprova-o o facto de ter posto a descoberto coisas que antes dele ninguém ousara ver ou descobrir. ” In Uma Biografia «Moderna» dos Anos 30, Magellan, De Stefan Zweig, de Maria de Fátima Gil.

Quero aproveitar para, em nome do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães, agradecer a toda a comunidade educativa tudo o que tem feito para dignificar este Estabelecimento de Ensino e o seu Patrono e desejar a todos um Bom Ano Letivo 2018/2019.

O Diretor, Fernando Félix de Almeida Castro

Copyright © 2006-2018 Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães